Reflexão sobre o homo digitalis

“Tia Tutu, não tem iPad, não tem aguinha. Não tem nada. E agora?”

Amelie nasceu em um mundo de luz azul. Ao 1 ano e 2 meses de idade, pela primeira vez via o apagar. Chovera. Caiu a Luz. O iPad, sem bateria, e não rolava tirar água gelada do filtro.

É de uma geração que veio à luz, e nunca saiu dela. Mal sabia que não muito no passado, vinha-se à luz para adentrar a escuridão. Há 200 mil anos, ao redor do Lago Makgadikgadi, onde hoje é Botsuana, existia outra Amelie. À base da mesma carne e osso, de genética de igual espécie, não conhecia a palavra luz. Sabia do dia, da noite, provavelmente sem nomeá-los. Seguia o fluxo natural do viver.

A luz azul da Amelie do agora seria inspiração espiritual para a Amelie de 200 mil anos atrás. Divina para a Amelie de 10 mil anos atrás. Milagre religioso para a Amelie antes da pipa de Benjamin Franklin. Para a Amelie de agora, é o iPad e a aguinha.

A Amelie do agora segurando o iPad com bateria seria Eos para os gregos. Aurora dos romanos. Citlālicue para os astecas. Yebá Bëló. Jaci segurando Guaraci nas palmas das mãos.

Hoje, Amelie é Amelie. De 1 ano e 2 meses. Ao artificial apagar das luzes em uma chuva de São Paulo, pede para tia Tutu ligar a luz do flash do celular que tem bateria. A Amelie do agora não segue o fluxo natural do viver.

Para acompanhar este blog, siga no Twitter, em @FilipeVilicicno Facebook e no Instagram.

Crédito da imagem: cena do filme Nós (2019).

Leia agora: Minha ode ao Coringa: não é sobre direita, nem sobre esquerda, mas sobre querer tocar fogo em tudo

Anúncios

Um comentário em “Reflexão sobre o homo digitalis

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s